Skip to content

Reflexões Pós-Espetáculo

21/12/2009

Pronto. O primeiro espetáculo já foi. Participação pequena (apenas uma coreografia), porém válida como experiência.

Achei importante registrar o passo a passo desta saga, onde foram muitas horas de ensaio para cinco minutos de palco. Agora entendo porque bailarinas em geral valorizam tanto o momento da apresentação, passa muito rápido!

Ensaio Academia

Tão rápido que não deu tempo de me torturar de ansiedade, fomos a terceira coreografia da noite, mal deu prá curtir o burburinho dos bastidores, cheio de mulheres se maquiando e às voltas com os últimos retoques do figurino.

Bastidores

Neste espetáculo cada apresentação foi precedida de uma poesia referente à Deusa em que a coreografia foi inspirada. A coreografia que participei tinha como premissa a ousadia, simbolizada por Lilith.

Em pouco tempo deu para perceber que a originalidade é um dos predicados da minha professora, quando todos esperavam dançarinas vestidas de preto, roxo ou vermelho, cores fortes, que normalmente colorem a Lilith, surgimos de branco.

Apresentação

A ousadia residia no conjunto do projeto e não exatamente no figurino. Apresentamos uma coreografia simples (e nem por isso fácil para alunas iniciantes como eu), com duas fases, uma mais lenta, transitória para uma segunda parte mais rápida e forte, dançarinas concentradas, com expressão oscilando entre o taciturno rebelde e a melancolia sensual, exibindo em suas faces uma maquiagem fortíssima ressaltando a expressão dos olhos.

Apresentação

Ao final, quando ressurgimos para os agradecimentos, caiu a ficha. Aprendi que a dança do ventre não se resume apenas a meia dúzia de dançarinas executando todas ao mesmo tempo o mesmo passo. Fica bonito? Claro que fica! Mas dá para inovar, mostrar algo diferenciado, por que não?

Se não fosse desta forma muito provavelmente eu mesma não participaria do espetáculo, ou melhor: participaria sim, mas como mera expectadora. Não daria tempo de aprender movimentos mais complexos e atingir uma sincronia digna de ser apresentada. Contudo correu tudo bem e acredito que para uma primeira apresentação meu desempenho foi satisfatório.

Agradecimento

Agradeço especialmente aos amigos que foram assistir ao espetáculo, que filmaram, tiraram fotos e torceram pelo nosso sucesso. Também não poderia, de forma alguma, deixar de agradecer à minha professora, Natália Salvo, que soube extrair o melhor de nós (Jaque e eu) mesmo com nossas limitações de alunas iniciantes. Finalizo agradecendo à fotógrafa Fernanda Grigolin, autora das fotos exibidas neste post.

Agradecimento

E em 2010 tem mais! 😉

Luciana Muniz

Anúncios
4 comentários leave one →
  1. 04/01/2010 15:28

    Ae, foi bem bacana o espetáculo! =D E curti muito seu blog, cheio de informações interessantes sobre a nobre arte da dança. Keep posting!

    • 04/01/2010 15:52

      Oi Gi!

      Maravilha começar o ano com um comentário assim! 😀

      A idéia é manter este blog sempre atualizado, sendo uma espécie de “diário de dança”, mas com informações sobre Yoga também. Ao longo do ano (e da minha evolução como aluna) pretendo ir postando mais e mais textos, não apenas meus, mas também de outros sites e blogs interessantes.

      Ah! E fiquei muito feliz que tenha curtido o espetáculo.

      Valeu pela visita! 😉

      Bjitos!!

  2. 13/01/2010 13:58

    “e acredito que para uma primeira apresentação meu desempenho foi satisfatório.” Nhé nhé nhé.

    Ah, Luciana, faça-me o favor! Você esteve TUDO DE BOM!
    Dança é um conjunto de coisas. Depende de postura, expressão, cuidado…. Técnica é importante, mas também é um aprendizado que nunca termina. Mas o resto dos ingredientes, vem de dentro, e isso não há ninguém que possa orientar ou fazer por você. Tudo melhora com o tempo, é verdade, mas de algum jeito é preciso começar. E do começo de vocês (isso inclui a senhorita), confesso que gostei muito.

    Fiquei muito orgulhosa de nossa dança, e não só pelo esforço que fizemos, mas pela coragem que vocês tiveram de caminhar pelo inusual e tirar da mesmice a Dança do Ventre, que tanto anda precisando de uma nova cara, cabeças frescas e ótimas idéias.

    Beijoca, bellydancer ^^

    • 13/01/2010 14:50

      Oi Nat,

      Também adorei todo o processo, desde a criação da coreografia, as idéias que iam surgindo, até a correria e o medo de não dar tempo de encontrar todos os itens do figurino, tudo. Mas também, e principalmente, foi importante fazer parte de um grupo unido que tinha o mesmo objetivo: apresentar uma coreografia simples e diferenciada, condizente com nossa condição de iniciantes.

      Fico muito feliz que tenha gostado da nossa apresentação, é mérito da senhorita, oras! 😉

      Valeu por tudo. 😀

      Bjitos! :*

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: